Nave Gregoretti, o julgamento de Salvini adiado para outubro

O julgamento de Matteo Salvini, acusado de seqüestro de migrantes detidos a bordo do navio militar Gregoretti, foi adiado para outubro. 
salvini

O julgamento de Matteo Salvini, acusado de seqüestro de migrantes detidos a bordo do navio militar Gregoretti, foi adiado para outubro. 

Era para ser iniciado em Catania no dia 4 de julho, mas escorregou devido à desaceleração da justiça devido à emergência do coronavírus.

Este é o procedimento pelo qual o Parlamento já concedeu autorização para agir contra o líder da Lega solicitado pelo tribunal de ministros de Catania contra a opinião do promotor Carmelo Zuccaro, que havia solicitado a demissão do então ministro do Interior. 

A notícia, divulgada pela  Repubblica , chega às vésperas da Junta para as eleições e imunidades do Senado que amanhã, terça-feira, 26 de maio, volta a votar em um pedido de julgamento contra Matteo Salvini, desta vez no caso da Open Arms (Armas Abertas). As acusações são quase as mesmas do caso Gregoretti: sequestro por não ter desembarcado imediatamente o navio da ONG espanhola, bloqueada no mar em agosto passado com mais de 150 migrantes a bordo.

Em detalhes, falamos de “múltiplos sequestros agravados e recusa de documentos oficiais”. A votação, de acordo com o que foi aprendido, seria incerta com um empate substancial. 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest